De Joelhos Em Fervente Oração

Flor de lis

Eu creio no poder da oração
Aquele que se prostra com o rosto
No pó e chora é dono do milagre
É dono do milagre

Quando a gente ora, cresce intimidade
Deus nos capacita com autoridade
E quando a oração chega aos seus ouvidos
Logo o céu se abre

Então se você crê, levante a mão agora
Erga a sua voz com brado de vitória
E comece a orar, comece a clamar, comece a adorar

Se quer ser ungido, separado, consagrado
É de joelhos
Se quer sua família restaurada ao pé do altar
É de joelhos
Se quer um milagre, a cura dessa enfermidade
É de joelhos

Se quer ser profeta, pregador do evangelho
É de joelhos
Se quer as promessas, uma vida abençoada
É de joelhos
Se quer o seu nome escrito no livro da vida
É de joelhos

"E se meu povo que se chama pelo meu nome
Orar e buscar a minha face
E se converter dos seus maus caminhos
Eu sararei a sua terra"

Em fervente oração,
Vem o teu coração na presença de Deus derramar
Mas só podes fluir o que estás a pedir
Quando tudo deixares no altar
Quando tudo perante o senhor estiver
E todo o teu ser ele controlar
Só, então, hás de ver que o senhor tem poder
Quando tudo deixares no altar

©2003- 2015 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital